100%

Implantação de sistema para avisar pacientes sobre consultas agendadas é sugerida à Prefeitura

Com objetivo de reduzir o número de pacientes que faltam nas consultas e agilizar o atendimento nas Unidades Básica de Saúde (UBS), a Câmara de Vereadores está sugerindo à Prefeitura que adote um sistema de comunicação que permita o envio de mensagens de texto para o celular dos pacientes avisando que sua consulta está marcada. Aprovada na terça-feira (24), a moção legislativa 287/2017, será encaminhada para análise do prefeito Antonio Ceron (PSD).

Proponente da matéria, vereador Lucas Neves (PP) sugere que o sistema envie o lembrete com pelo menos um dia de antecedência, comunicando a data, horário e nome do médico que realizará a consulta. Além disso, ressalta que esse poderá serviço ser utilizado como ferramenta para divulgação de campanhas e pesquisas de satisfação desenvolvidas pelo município de Lages. “Através deste mecanismo de comunicação fácil e rápido, a produtividade do atendimento terá um acréscimo significativo, além de reduzir custos operacionais”, destaca o vereador.


Fotos: Divulgação: Helio Filho e Nilton Wolff (Câmara de Lages)   


Deise Ribeiro - Jornalista  
Assessoria de Imprensa - camaralages@camaralages.sc.gov.br   
(49) 3251-5416 
Protocolos desta Publicação:Criado em: 25/10/2017 - 23:19:06 por: Deise Ribeiro - Alterado em: 25/10/2017 - 23:19:06 por: Deise Ribeiro

Galeria de Fotos

Poder Legislativo reverencia os 50 anos da CDL Lages
Poder Legislativo reverencia os 50 anos da CDL Lages

A cerimônia foi proposta de maneira conjunta pelos vereadores e contou com a presença do prefeito Antonio Ceron (PSD), membros da direção, colaboradores e antigos dirigentes da CDL, representantes do comércio local e convidados.

Câmara recebe profissionais da imprensa lageana
Câmara recebe profissionais da imprensa lageana

“Sempre fui um apaixonado e um aliado da imprensa, por isso quero ela perto de nós, para que acompanhe nossos trabalhos e mostre a história como, de fato, acontece. Ela nos cobra, mas também nos ajuda muito”, defendeu o presidente Luiz Marin.