100%

Resumo da sessão deliberativa - 2 de outubro de 2018

 
Reunidos no Plenário Nereu Ramos na terça-feira, 2, os vereadores aprovaram seis matérias. Na reunião, foram deliberadas quatro moções legislativas, um pedido de informação e um requerimento. Também foram deferidas indicações entre os números 5.024 a 5.058/2018, que podem ser conferidas no site do Legislativo Lageano. Veja abaixo quais foram os temas deliberados e aprovados na 62ª reunião ordinária de 2018:
 
Questionamentos sobre a situação do condomínio Argemiro Madruga
 
Algumas situações que vêm ocorrendo no interior do condomínio Argemiro Wilson Madruga, localizado na rua Antônio Ribeiro dos Santos, no bairro da Várzea, motivou a formulação do  pedido de informação 204/2018. De autoria do vereador David Moro (MDB), a matéria será encaminhada ao Executivo Municipal, que terá até 30 dias para responder os questionamentos manifestados no documento legislativo.

Entre as reclamações consta a falta de manutenção de cinco postes de energia elétrica, ligados a rede de iluminação pública e instalados no interior do condomínio. Outro problema aponta a situação de abandono de alguns apartamentos, que estão acumulando sujeira e servindo de ponto para a prática de atividades ilícitas. Por último, os moradores buscam saber da possibilidade de instalação, por parte do Poder Público, de um parquinho e de uma academia da terceira idade no local.

 
Câmara Municipal recomenda a fixação de placas em obras públicas paralisadas
 
Para facilitar a fiscalização das obras públicas pela população, a moção legislativa 213/2018 recomenda ao Executivo Municipal a fixação de placas nas obras municipais que tiveram os trabalhos interrompidos. Proponente da matéria, o vereador Pedro Figueredo (PSD) explica que a finalidade é identificar o motivo da paralisação da obra, o porquê de estar nessa situação e também especificar a aplicação do dinheiro público.

“É importante que a municipalidade aja com transparência e divulgue, de forma acessível, a relação de obras paralisadas com os motivos para tais para que a população tenha informação sobre o que acontece em sua cidade e como os recursos públicos estão sendo empregados, valorizando assim o controle social”, defende na moção. A sugestão será encaminhada para análise do prefeito Antonio Ceron (PSD).
 

Criação do programa Doadores do Futuro é proposto pelo Legislativo Lageano
 
Os vereadores aprovaram por unanimidade a moção legislativa 214/2018, juntamente com o anteprojeto de lei, que propõe a criação do programa Doadores do Futuro em todas as escolas da rede pública municipal de ensino com o objetivo de conscientizar os alunos sobre a importância da doação voluntária de sangue.

A proposta, de iniciativa do vereador Jean Pierre Ezequiel (PSD), consiste na realização de palestras durante o ano letivo de conscientização e orientação aos estudantes, a partir do 7º ano do ensino fundamental, sobre a importância da doação, podendo para tal, haver a colaboração de profissionais específicos da área de hematologia/saúde. A sugestão será enviada para análise do prefeito Antonio Ceron (PSD).

 
Responsabilidade civil por danos causados ao patrimônio público de Lages
 
A proposta da moção legislativa 215/2018, reforçada junto a um anteprojeto de lei, recomenda ao Executivo Municipal a criação de normas para tornar obrigatória a cobrança por danos causados ao patrimônio público e ao meio ambiente por condutores de veículos causadores de acidente de trânsito ou por prática de vandalismo no município de Lages.

Autor da matéria, o vereador Jean Pierre Ezequiel (PSD) explica que os condutores poderão ter de pagar pela reposição de postes, placas de sinalização, semáforos, lixeiras e pontos de ônibus danificados, entre outros itens, quando ficar demonstrada sua culpa sobre o acidente ou identificado o vandalismo. A intenção é que danos ao meio ambiente, sejam árvores, vegetação ou canteiros públicos, também sejam reembolsados.

O documento aponta também que a responsabilização civil do cidadão envolvido deverá ser feita por meio de perícia realizada por órgão competente. Além disso, o texto destaca que o causador do dano ao bem público, além de arcar com os custos de recuperação, deverá acompanhar a revitalização dos bens danificados. “O que esta proposição apresenta é uma solução justa e desburocratizada para restabelecer o patrimônio público afetado por conta de acidentes de trânsito e atos de vandalismo ocorridos no município, visando ainda promover a conscientização da população para que situações de depredação sejam coibidas”, defende. A moção com o anteprojeto de lei será encaminhado para análise do prefeito Antonio Ceron (PSD).
 

Proposta para ampliação dos horários de atendimentos dos cartórios e tabelionatos do município
 
Endereçada ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), a moção legislativa 216/2018 requer que seja analisada a possibilidade para ampliação dos horários de atendimentos dos cartórios e tabelionatos de Lages. Autor da proposta, o vereador João Chagas (PSC) sugere que os órgãos funcionem também sem fechar ao meio dia, para atender a população em geral, mas principalmente a classe trabalhadora que cumpre expediente. A proposta será enviada para análise do presidente do TJSC, desembargador Rodrigo Tolentino de Carvalho Collaço.
 

Intensificação das rondas policiais para a região do Bela Vista é reivindicada à Polícia Militar
 
Com objetivo de contribuir com a melhoria da segurança pública do município de Lages, o requerimento 165/2018 reivindica à Polícia Militar a intensificação do patrulhamento e rondas policiais para os condomínios Valentim Elisboa Anacleto Tozzo e Pedro Filomeno de Abreu, ambos no bairro Bela Vista. Autor da matéria, o vereador Ivanildo Pereira (PR) solicita que a intensificação do policiamento nessa região, principalmente no entorno dos condomínios, seja mais constante a fim de impedir situações de violência, como furtos e roubos. A reivindicação será encaminhada ao comandante do 6º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Alfredo Nogueira dos Santos, para análise e devidas providências.
 
Arte: Aline Coldebella Sommavilla (Câmara de Lages)

Deise Ribeiro - Jornalista  
Assessoria de Imprensa - camaralages@camaralages.sc.gov.br   
(49) 3251-5416 
Protocolos desta Publicação:Criado em: 03/10/2018 - 16:06:02 por: Deise Ribeiro - Alterado em: 03/10/2018 - 17:36:17 por: Éverton Gregório

Notícias

Resumo da Sessão: 18-06-2019
Resumo da Sessão: 18-06-2019

Na 38ª reunião deliberativa da Câmara de Lages em 2019, realizada nesta terça-feira (18), os vereadores aprovaram dez matérias na Ordem do Dia: dois projetos de lei, dois pedidos de informação e seis moções legislativas. Também encaminharam quase uma centena de indicações com diversos pedidos à Prefeitura para ruas e bairros de Lages.

Resumo da Sessão 17-06-2019
Resumo da Sessão 17-06-2019

Na sessão desta segunda (17), os vereadores de Lages aprovaram 15 matérias na Ordem do Dia, sendo um veto da Prefeitura, um projeto de lei, cinco pedidos de informação, cinco moções legislativas e três requerimentos. Também foram deliberadas quase uma centena de indicações ao Executivo Municipal, com diversos pedidos de melhorias para ruas e bairros de Lages.

Câmara homenageia os 70 anos do Internacional de Lages
Câmara homenageia os 70 anos do Internacional de Lages

Além de reforçar o amor ao time do coração dos quase 160 mil lageanos, entre tantos outros milhares espalhados mundo afora, a solenidade prestou homenagens às pessoas que deram ao Internacional à grandeza que possui. Mais de 60 pessoas foram homenageadas – entre ex-atletas, dirigentes, patronos e entusiastas do time.

Junho Vermelho visa incentivar a doação de sangue
Junho Vermelho visa incentivar a doação de sangue

Em Lages, o órgão responsável em captar as doações voluntárias é o Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (Hemosc), que fica localizado na rua Felipe Schmidt, 33, no Centro. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira das 8h às 11h30 e das 13h às 17h30, sendo aberto também no segundo sábado de cada mês, das 8h às 12h.

Resumo da sessão: 11-06-2019
Resumo da sessão: 11-06-2019

Na 36ª reunião deliberativa da Câmara de Lages em 2019, os vereadores apreciaram e aprovaram dois projetos de lei, nove moções legislativas e três requerimentos. Também encaminharam as indicações entre os números 4.414 a 4.476/219, com solicitações de melhorias para a cidade.

CPI ouve novos depoimentos nesta quarta-feira
CPI ouve novos depoimentos nesta quarta-feira

A CPI faz nova sessão pública de oitivas nesta quarta-feira (12), a partir das 9h15, no Plenário Nereu Ramos, sede do Legislativo Lageano. Serão ouvidos funcionários do setor de Almoxarifado e da Farmácia do P.A, além de enfermeiras do Hospital Tereza Ramos.

Resumo da sessão: 10-06-2019
Resumo da sessão: 10-06-2019

Durante a reunião foram votadas e aprovadas nove matérias, sendo dois projetos de lei, três pedidos de informação, uma moção legislativa e três requerimentos. Também foram deferidas as indicações entre os números 4.334 a 4.413/2019.

Ações integradas para promover o bem-estar animal em Lages
Ações integradas para promover o bem-estar animal em Lages

Na quarta reunião da Frente Parlamentar de Políticas Públicas e Defesa dos Animais foi sugestionado que as secretarias municipais de Meio Ambiente e Saúde trabalhem de forma integrada no que diz respeito às ações de proteção, defesa e bem-estar dos animais no município.