100%

Projeto de contenção das cheias será tema de audiência pública nesta quarta

O Poder Legislativo Lageano promove nesta quarta-feira (27) uma audiência pública que apresentará a situação do projeto de prevenção de cheias e enchentes em Lages, um problema que historicamente tem incomodado moradores de 13 bairros localizados no entorno dos rios Caraha e Caveiras. Proposta pelo vereador Gerson Omar dos Santos (PSD) e aprovada por unanimidade na Câmara, a reunião tem início às 19h30, no Plenário Nereu Ramos, e é aberta ao público, que terá espaço para se manifestar na sessão mediante prévia inscrição.

Para os debates foram convidados representantes da Promotoria de Meio Ambiente em Lages e a equipe técnica do Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV), da Universidade do Estado de Santa Catarina, responsável pela elaboração do referido projeto. Secretários do município nas áreas de Meio Ambiente, Defesa Civil, Planejamento e Obras foram convocados a participar.
 
Assunto tem provocado discussões e matérias desde 2013
 
Proponente da discussão, o vereador Gerson explica que desde 2013, quando em seu primeiro mandato na Câmara de Lages, têm ocorrido reuniões sobre o assunto entre os legisladores, os poderes executivo e judiciário, universidades, entidades de classe como a Acil e a CDL, entre outras. “Identificamos que esta questão precisava de um estudo, de um projeto e uma análise mais aprofundada, pois o que havia até então eram muitas opiniões paralelas, no campo do achismo, mas que nunca resolveu a situação”, diz.

A solução encontrada pelos envolvidos foi a criação de um projeto para contenção das cheias que partia do estudo das bacias hidrográficas de Lages. O vereador Gerson foi autor de duas moções legislativas 077/2015 e 020/2017, que solicitavam, respectivamente, a inclusão do município em um projeto do governo estadual relacionado às enchentes e a criação, propriamente dita, de um projeto específico que unisse município e estado. O edil também apresentou emendas ao Orçamento nos anos de 2015, 2017 e 2018 buscando recursos para a efetivação do estudo e a elaboração de um projeto para sanar o problema.

Somente em 2018 houve um avanço na demanda através de recursos no valor de R$ 898 mil, obtidos via emenda parlamentar do senador Dario Berger, motivado pelo projeto elaborado pela equipe técnica da Defesa Civil Municipal, o qual foi protocolado e aprovado no Ministério de Desenvolvimento Regional (antiga Integração Nacional). A equipe técnica do CAV, que concebeu o pré-projeto que resultou na obtenção da emenda, é que vai desenvolver a pesquisa. O prazo para o relatório final é de 180 dias.

“Já temos esse grande avanço que é o recurso que possibilita a pesquisa dos técnicos do CAV, agora precisamos repassar esse conhecimento à comunidade lageana e ouvir das pessoas interessadas e que são acometidas por esse problema que também exponham as suas dificuldades”, expôs Gerson, que deixou o convite para que toda a população interessada possa acompanhar a audiência nesta quarta.


Arte: Eduarda de Liz (Câmara de Lages)

Everton Gregório - Jornalista
Assessoria de Imprensa - camaralages@camaralages.sc.gov.br   
(49) 3251-5416
Protocolos desta Publicação:Criado em: 26/02/2019 - 17:59:22 por: Éverton Gregório - Alterado em: 26/02/2019 - 17:59:22 por: Éverton Gregório

Notícias

Resumo da Sessão 19-03-2019
Resumo da Sessão 19-03-2019

Na sessão desta terça, os vereadores aprovaram 13 matérias pela Ordem do Dia, sendo seis moções legislativas, quatro requerimentos e três pedidos de informação. Também foram encaminhadas ao Poder Executivo Municipal as indicações entre os números 1.373 a 1.487/2019

Resumo da Sessão 18-03-2019
Resumo da Sessão 18-03-2019

Os vereadores aprovaram 14 matérias pela Ordem do Dia, sendo seis moções legislativas, quatro pedidos de informação, três requerimentos e um projeto de lei. Também foram encaminhadas ao Poder Executivo Municipal as indicações entre os números 1.227 e 1.372/2019, com várias solicitações para problemas pontuais das comunidades de Lages.