100%

Desativação de ala do HTR é tema de reunião na Câmara

 
A Câmara Municipal realizou na segunda-feira, 25, uma reunião com a diretora do Hospital Tereza Ramos, Andréia Maria Berto, e com a gerente de enfermagem, Maiura de Oliveira Rosa, a fim de esclarecer sobre a desativação de uma ala do hospital, conforme imagens compartilhadas nas redes sociais no último fim de semana. No encontro proposto pelo vereador Lucas Neves (Progressistas), os vereadores aproveitaram para questionar também sobre outros problemas, motivos esses, de reclamações da comunidade.
 
“O que nós gostaríamos de entender hoje é essa situação de aparente fechamento de leitos. Nós vimos um Pronto Atendimento com 15, 20 pessoas aguardando por um leito e um hospital, que é o principal da nossa região, com diversos quartos do 5º andar vazios. Isso chama a atenção da população. Foi dito na imprensa que essa medida é por falta de profissional. Nós temos o conhecimento que foram proibidas as horas plantão e de sobreaviso, mas se falta profissional, como pode ser extinguido ou suspenso temporariamente esses recursos”, indagou o proponente no início da reunião.
 
De acordo com a diretora do HTR, Andréia Berto, não houve redução de leitos e a ala do 5º andar permanece em funcionamento, no entanto, dentro de um cronograma estabelecido pela pasta,ela deverá ser desativada a partir do dia 1º de abril. Ela explica que as tomadas de decisão e algumas mudanças que estão e estarão ocorrendo nos próximos meses buscam otimizar os leitos e o quantitativo profissional existente na unidade hospitalar.
 
“Nesse primeiro momento nós empreendemos um redimensionamento dos leitos de acordo com o quantitativo de profissionais ativos, tentamos organizar de forma a não diminuir os leitos. Nós estamos deslocando (realocando) os leitos que ficavam no 5º andar e redistribuindo nos demais andares, assim otimizando espaço. Todos os leitos cadastrados que temos dentro do hospital permanecerão”, disse a diretora.
 
Andreia também informou que o hospital possui atualmente 182 leitos cadastrados no Sistema Único de Saúde (SUS) e, com essa readequação, o objetivo é expandir o número de leitos para 194. “Nos últimos 6 meses, considerando o hospital como um todo, tivemos uma média de 69,21% de ocupação dos leitos. Então, com esse redirecionamento, nós temos capacidade de atender mais. Portanto, essa não foi uma decisão pensada em reduzir a demanda do que está sendo ofertada, pois os leitos serão os mesmos”, disse.
 
Outra medida que está sendo implantada pela atual gestão é a abertura de unidades mistas (quartos masculinos ou femininos), modelo já utilizado por alguns hospitais do país. “Se nós abrirmos um quarto masculino, o espaço será apenas masculino e da mesma forma para um quarto feminino assim buscamos a utilização mais equânime dos leitos. Esperamos com isso, conceder o maior número de vagas e dar uma rotatividade maior desse leitos” ponderou Andreia.

Fotos: Aline Borba (Câmara de Lages)


Deise Ribeiro - Jornalista  
Assessoria de Imprensa - camaralages@camaralages.sc.gov.br   
(49) 3251-5416 
Protocolos desta Publicação:Criado em: 26/03/2019 - 16:33:28 por: Deise Ribeiro - Alterado em: 26/03/2019 - 16:48:03 por: Deise Ribeiro

Notícias

Resumo da Sessão: 18-06-2019
Resumo da Sessão: 18-06-2019

Na 38ª reunião deliberativa da Câmara de Lages em 2019, realizada nesta terça-feira (18), os vereadores aprovaram dez matérias na Ordem do Dia: dois projetos de lei, dois pedidos de informação e seis moções legislativas. Também encaminharam quase uma centena de indicações com diversos pedidos à Prefeitura para ruas e bairros de Lages.

Resumo da Sessão 17-06-2019
Resumo da Sessão 17-06-2019

Na sessão desta segunda (17), os vereadores de Lages aprovaram 15 matérias na Ordem do Dia, sendo um veto da Prefeitura, um projeto de lei, cinco pedidos de informação, cinco moções legislativas e três requerimentos. Também foram deliberadas quase uma centena de indicações ao Executivo Municipal, com diversos pedidos de melhorias para ruas e bairros de Lages.

Câmara homenageia os 70 anos do Internacional de Lages
Câmara homenageia os 70 anos do Internacional de Lages

Além de reforçar o amor ao time do coração dos quase 160 mil lageanos, entre tantos outros milhares espalhados mundo afora, a solenidade prestou homenagens às pessoas que deram ao Internacional à grandeza que possui. Mais de 60 pessoas foram homenageadas – entre ex-atletas, dirigentes, patronos e entusiastas do time.

Junho Vermelho visa incentivar a doação de sangue
Junho Vermelho visa incentivar a doação de sangue

Em Lages, o órgão responsável em captar as doações voluntárias é o Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (Hemosc), que fica localizado na rua Felipe Schmidt, 33, no Centro. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira das 8h às 11h30 e das 13h às 17h30, sendo aberto também no segundo sábado de cada mês, das 8h às 12h.

Resumo da sessão: 11-06-2019
Resumo da sessão: 11-06-2019

Na 36ª reunião deliberativa da Câmara de Lages em 2019, os vereadores apreciaram e aprovaram dois projetos de lei, nove moções legislativas e três requerimentos. Também encaminharam as indicações entre os números 4.414 a 4.476/219, com solicitações de melhorias para a cidade.

CPI ouve novos depoimentos nesta quarta-feira
CPI ouve novos depoimentos nesta quarta-feira

A CPI faz nova sessão pública de oitivas nesta quarta-feira (12), a partir das 9h15, no Plenário Nereu Ramos, sede do Legislativo Lageano. Serão ouvidos funcionários do setor de Almoxarifado e da Farmácia do P.A, além de enfermeiras do Hospital Tereza Ramos.

Resumo da sessão: 10-06-2019
Resumo da sessão: 10-06-2019

Durante a reunião foram votadas e aprovadas nove matérias, sendo dois projetos de lei, três pedidos de informação, uma moção legislativa e três requerimentos. Também foram deferidas as indicações entre os números 4.334 a 4.413/2019.

Ações integradas para promover o bem-estar animal em Lages
Ações integradas para promover o bem-estar animal em Lages

Na quarta reunião da Frente Parlamentar de Políticas Públicas e Defesa dos Animais foi sugestionado que as secretarias municipais de Meio Ambiente e Saúde trabalhem de forma integrada no que diz respeito às ações de proteção, defesa e bem-estar dos animais no município.