100%

Ausência de passeio público no IFSC motiva matéria na Câmara

 
No requerimento 187/2017, apresentado na segunda-feira (17), alguns questionamentos são levantados a respeito da ausência de passeio público no entorno do prédio do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC). Autor da matéria, o vereador Luiz Marin (PP) pergunta no documento qual o motivo do IFSC ainda não ter construído calçadas em toda sua extensão, se há planos ou projetos para que isso aconteça.

Aprovado pela Câmara Municipal, o requerimento será encaminhado ao diretor geral do campus em Lages, Thiago Rodrigues. “Os passeio devem ser feitos por todos. Os órgãos que pertencem à Prefeitura, ao governo estadual e federal devem dar exemplo disso”, ressaltou o vereador.

Fotos: Divulgação: e Nilton Wolff (Câmara de Lages)   


Deise Ribeiro - Jornalista  
Assessoria de Imprensa - camaralages@camaralages.sc.gov.br   
(49) 3251-5416 
 
Protocolos desta Publicação:Criado em: 25/10/2017 - 01:00:22 por: Deise Ribeiro - Alterado em: 25/10/2017 - 01:04:38 por: Deise Ribeiro

Galeria de Fotos

Resumo da Sessão 19-03-2019
Resumo da Sessão 19-03-2019

Na sessão desta terça, os vereadores aprovaram 13 matérias pela Ordem do Dia, sendo seis moções legislativas, quatro requerimentos e três pedidos de informação. Também foram encaminhadas ao Poder Executivo Municipal as indicações entre os números 1.373 a 1.487/2019

Resumo da Sessão 18-03-2019
Resumo da Sessão 18-03-2019

Os vereadores aprovaram 14 matérias pela Ordem do Dia, sendo seis moções legislativas, quatro pedidos de informação, três requerimentos e um projeto de lei. Também foram encaminhadas ao Poder Executivo Municipal as indicações entre os números 1.227 e 1.372/2019, com várias solicitações para problemas pontuais das comunidades de Lages.

Restauração do Casarão Juca Antunes deve ser finalizada em 2020
Restauração do Casarão Juca Antunes deve ser finalizada em 2020

O presidente do Legislativo, Vone Scheuermann, acompanhou a apresentação do projeto de restauração do Casarão Juca Antunes, o último edifício da arquitetura luso-brasileira preservado na cidade. Datado da década de 1850, a casa fica localizada no centro de Lages, no cruzamento das ruas Benjamin Constant e Coronel Córdova.