100%

PROJETO DE LEI Nº 0112/2018

  Documento assinado digitalmente

PROJETO DE LEI Nº 0112/2018


Denomina Rua Marcio Camargo Costa.


A CÂMARA DO MUNICÍPIO DE LAGES, no uso de suas atribuições legais e regimentais;

DECRETA:
 
Art. 1°. Fica denominada Rua MARCIO CAMARGO COSTA, aquela localizada no Bairro Jardim Panorâmico, iniciando à Rua João Rath de Oliveira e findando à Rua 3.527, correspondente a parte da Rua ‘M’ do Loteamento Nova Lages  e codificada pelo Município como Rua 2.345.
 
Art. 2º. A placa indicativa conterá os seguintes dizeres:
RUA MARCIO CAMARGO COSTA,
Cidadão Ilustre.
 
Art. 3º.  Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Sala das Sessões, 11 de dezembro de 2018.


Mauricio Batalha Machado (Cidadania)
Vereador 





JUSTIFICATIVA: 
Márcio Camargo Costa (1939-2011) nasceu em Florianópolis, mas viveu grande parte de sua vida em Lages, onde foi professor no Centro Agro-Veterinário (CAV-UDESC). Casado, teve dois filhos. Faleceu no dia 25 de setembro de 2011.
Engenheiro agrônomo, graduado na Universidade Federal do Paraná, especializou-se em Produção Animal, na Universidade de Caen, França. Posteriormente, fez mestrado em Zoologia, na Universidade Federal do Rio G. do Sul.
Paralelo às atividades docentes, se destacou como escritor de contos de cunho regionalista. Essas narrativas abordam os contrastes existentes entre os modos de viver no campo e na cidade. As referências a diversos personagens lageanos e catarinenses acrescentam um olhar crítico ao regionalismo, possibilitando um olhar menos centralizado na história oficial e mais aberto a um entendimento de que a História é múltipla e repleta de nuances.
Escritores e críticos literários como Celestino Sachet, Silveira de Souza e Flávio José Cardoso são unânimes em destacar as qualidades dos contos de Marcio Camargo Costa, registrando que ele usava de uma carpintaria literária que procura se identificar com a literatura oral, com os causos contados ao redor do fogo de chão, com a transmissão da experiência através da fabulação literária.
Marcio Camargo Costa foi autor das seguintes publicações:
– Adeodato (Florianópolis: Edições Sanfona, 1985). Poema sobre um dos personagens mitológicos da Guerra do Contestado;
– O Gaudério de Cambajuva (Florianópolis: FCC Edições/ Jornal O Estado, 1986). Reunião de contos publicados inicialmente no jornal O Estado (Florianópolis).
– A Caudilha de Lages (Florianópolis: Lunardelli, 1987). Contos publicados inicialmente no jornal O Estado (Florianópolis).
– Quéras (Florianópolis: Editora da UFSC/Letras Contemporâneas, 1994). Contos inéditos.
Diversos contos foram publicados em revistas especializadas em literatura, agronomia e veterinária. A revista Globo Rural também publicou alguns.
Desta forma, o presente projeto de lei busca estabelecer a nomenclatura de logradouro público com o nome de Marcio Camargo Costa, apontando-se, para tanto, parte da Rua ‘M’ do Loteamento Nova Lages, codificada pelo Município como Rua 2.345, a qual inicia à Rua João Rath de Oliveira e finda à Rua 3.527, no Bairro Jardim Panorâmico.
A aprovação do presente Projeto de Lei é de grande importância para que se possa homenagear cidadão ilustre que contribuiu ativamente para o desenvolvimento da sociedade Lageana.



Mauricio Batalha Machado (Cidadania)
Vereador 
Protocolos desta Publicação:Criado em: 06/12/2018 - 19:15:55 por: João Batista Oliveira de Lima - Alterado em: 20/12/2018 - 12:34:12 por: Adriana Stuani